Buscar

Beleza além do racionalismo


Beleza além do racionalismo

É notório o quanto o trabalho que desenvolvo com esta profissão, tem sido um divisor de águas não só na minha, mas na vida de inúmeras pessoas...

E para tratar deste assunto, decidi, como de costume, frisar a importância de deixar que tomem conhecimento de como conduzo este trabalho, já que, por razões óbvias decidi mudar todo o conceito e a forma com que atuo.

Estou falando de um trabalho que envolve termos como: “sacralismo, humanismo, sumo bem, autoconhecimento, consciência, negociação humanizada etc.

Partindo para o tema em questão, vejo uma lacuna gigante, quando tratamos de imagem pessoal, hoje em dia, quando falamos de beleza. Nosso conceito de belo, de feio ou bonito, do que é ideal ou não para nós, infelizmente não está bem alicerçado em leis que os sustentem de forma a criar um vínculo com algo de fato legítimo. E por que isso ? Ora, sabemos que tudo que consumimos, compramos, a forma como decidimos nos embelezar, os critérios que usamos para decidir nossos gostos são sempre influenciados pelo meio social. Isso quer dizer que não sabemos no fundo mesmo, por nós mesmos, o que queremos de verdade e o que realmente combina com nossa essência e personalidade, e por esta razão, deixamos que as cores do mundo nos tinjam e nos moldem à seu bel-prazer.

Mas o que é que buscamos mesmo... o que nos torna realmente belos, bonitos, agradáveis?

Veja, que, Beleza é tido como uma qualidade do ‘belo’, mas ainda não é o belo. Beleza vem do grego, κάλλος(Kallos), como substantivo; e καλός(kalos), como adjetivo para belo. Em grego, a palavra ‘koiné’ para bonito ou belo era ὡραῖος , (horários), um adjetivo que vem da palavra ὥρα, que quer dizer hora. Koiné, ou seja, “beleza” no grego era associada a hora certa para... seu momento, assim um fruto maduro. Uma jovem que tentasse parecer mais velha, ou vice-versa, não era considerado bonito, pois para a Beleza, havia seu tempo ideal. Pense na relação que tem isso com o que vemos hoje em dia no mundo da estética e Beleza. Vimos que beleza, —qualidade do belo, refere-se a madureza, além de evocar sentimentos de bem-estar. Já o belo é algo ligado ao próprio firmamento, à vida.

Beleza ainda está associada à virtudes, como humanidade, gentileza, coragem etc. Força, poder, leveza; isso também é proveniente da beleza. Além disso, tudo que possui forma, como coisas e pessoas, expressa algo, possui informação, sempre que visto, causa sensações. Com isso, abrimos espaço para outro post, sobre INFORMAÇÃO ARQUETÍPICA NOS ROSTOS.

Perceba, pois, que devemos escolher com critério como vamos escolher aquilo que se harmoniza com nossa imagem, pensando agora, em imagem como algo vivo e signico, seja uma mudança no cabeleireiro ou mesmo em outro campo da estética , por exemplo. Vendo ainda nossa imagem física e mental como algo vivo, algo belo e que evoca algo sagrado. Não apenas pensar no bonito, que a sociedade aceita. A sociedade aqui pode ser o pai, a mãe, o marido, a namorada, ou nós mesmos quando pensamos de forma coletiva. Afinal de contas, somos seres individuais, e dificilmente as soluções prontas e padronizadas vão criar harmonia com quem somos e queremos ser. Uma imagem para ser bela, deve ser forte, dinâmica, leve, autêntica. Por isso, o visagismo Phillip Hallawell, é tão importante na hora de adequar a imagem seja com ocorre de cabelo, ou mesmo na estética dental.

Uma das maiores razões para tanta depressão ou baixa autoestima his dias atuais é a falta de beleza, a falta de conexão de forma bela com que somos, por nós mesmos, do jeito que somos. Imagine que uma pessoa que possui apenas um braço, decide parar de viver de forma alegre e parar de se cuidar, só porque perdeu um dos braços. Isso não faz sentido. Mas é óbvio que se ela se focar no bonito social, no juizo de gosto de segunda mão, é óbvio que cairá em desapontamento.

No geral, podemos concluir que paramos de viver quando não nos sentimos belos. Agora que repare que o mesmo ocorre quando estamos fracos, sem ânimo, ou mesmo doentes. O que chega a ficar claro que beleza está inteiramente ligado à saúde. E quando não temos noa tratamos de forma bela, podemos até ficar doentes.

Conheça o visagismo e saiba mais como empoderar sua imagem, sendo você mesmo (a), assumindo assim, sua real identidade como um ser pensante e divino que você é.

Evite ser moldado pelas cores do mundo e crie seu próprio mundo colorido. Isso é necessário e possível.

Aguarde os próximos temas.

#visagismo #beleza #autoconhecimento #coach #studioflima #marciolimavisagista

10 visualizações

Fale Conosco

Seg: à sab   08:30 - 21:30

Rua Gandavo, 41 Vila Mariana SP      

Contato (11)3486-9373 

Reservas com Marcio Lima

 Whatsapp 11 98165-1633

CONVÊNIO COM ESTACIONAMENTO